Conheça o AVC e saiba como identificá-lo de forma rápida

O Acidente Vascular Cerebral, muitas vezes chamado apenas de AVC ou, mais popularmente, de derrame cerebral, acontece quando há a obstrução ou o rompimento de um ou mais vasos sanguíneos responsáveis por irrigar o cérebro. Dependendo das suas características, o AVC pode ser isquêmico ou hemorrágico.

AVC Isquêmico

Ocorre quando há uma obstrução no vaso, interrompendo o fluxo sanguíneo e, consequentemente, a irrigação dos tecidos do encéfalo.

Para entendermos suas consequências, precisamos lembrar que o sangue é responsável por transportar o oxigênio para as células, que por sua vez necessitam do mesmo para se manterem vivas e em pleno funcionamento. Com a interrupção do fluxo sanguíneo, as células param de receber oxigênio e morrem pelo processo de isquemia – o que explica o nome do AVC Isquêmico.

aterosclerose
Placa de lipídio dificultando o fluxo sanguíneo

Alguns fatores podem ser cruciais para que ocorra esse tipo de derrame cerebral. Dentre eles podemos destacar a formação de coágulos, inflamações que culminam para o acúmulo de anticorpos no interior dos vasos sanguíneos e a aterosclerose, que é o acúmulo de lipídios (colesterol, por exemplo) na parede vascular, dificultando a passagem do sangue e aumentando a pressão no vaso, como mostra a imagem ao lado.

 

AVC Hemorrágico

avc-header-consulta-remedios-640x220

Este tipo de AVC é caracterizado pelo rompimento do vaso sanguíneo, daí que vem o popular nome “derrame cerebral”. Pode ser consequência de um entupimento do vaso cerebral, de um quadro de hipertensão ou outros fatores.

Dentre as causas, podemos destacar a hipertensão arterial, arritmia cardíaca, aterosclerose, vasculite, infarto agudo do miocárdio (IAM), doença das válvulas cardíacas entre outros.

Ao analisarmos ambos os tipos de AVC, notamos que quase sempre ocorre uma obstrução no vaso afetado. Tal bloqueio dificulta a passagem do sangue e aumenta a pressão intravascular, favorecendo o rompimento do vaso.

Sintomas

O AVC é fácil de ser detectado por quem está preparado, no entanto, pode passar despercebido para aqueles que não conhecem os seus principais sintomas:

  • Sensação de formigamento na face, braço ou perna de um lado do corpo;
  • Náusea, vômitos, vertigem e desequilíbrio;
  • Dor de cabeça súbita e intensa;
  • Perda repentina da visão de um dos olhos;
  • Dificuldade na fala e/ou compreensão da linguagem;
  • Diminuição ou perda da força na face, braço ou perna, de um lado do corpo.

Detectando o AVC

Se você suspeita que alguém ou até você mesmo está sofrendo um acidente vascular cerebral, pode tentar algumas ações para comprovar sua suspeita:

  • Peça para a pessoa dar um sorriso – se ela teve um AVC, o sorriso será assimétrico. Além disso, você pode prestar a atenção em suas expressões e analisar se um dos lados da face está mais caído, com menor sustentação que o outro.
  • Peça para a pessoa levantar ambos os braços – alguém que teve um acidente vascular cerebral recentemente terá dificuldade em levantar um dos braços, visto que ocorre a diminuição da força de um dos lados do corpo.
  • Analisar a fala – vítimas do AVC ficam com dificuldade em se expressar. Essas pessoas podem sofrer da perda repentina de parte da memória e também da dificuldade em movimentar os músculos necessários para a fala.

Fatores de risco

Alguns hábitos afetam diretamente a saúde de uma pessoa e alguns deles são velhos conhecidos de diversas outras doenças.

No caso do acidente vascular cerebral, sabemos que o tabagismo, colesterol alto, hipertensão arterial, sedentarismo, estresse e obesidade são hábitos ruins e que aumentam muito o risco de desenvolver um AVC.

Diferentemente das doenças cardiovasculares, que também aumentam o risco de sofrer tal acidente, os hábitos listados acima podem ser controlados por nós. Seja adotando uma dieta mais saudável ou praticando atividades físicas. O importante é conhecer o mal para que saibamos nos defender.

E não se esqueça. Caso tenha alguma suspeita de que você ou alguém esteja sofrendo de um AVC, é importantíssimo que vá ao pronto atendimento o mais rápido possível para evitar que a pessoa sofra danos irreversíveis.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s